#queremoságua #sqn

Salve Itu

#queremoságua Só que não turma.

Primeiro que água tem, até um bocado ainda, mas está suja né? Nosso problema é água potável. Há uma certa ilusão sobre as águas subterrâneas mas olha só Itu, na pontinha do aquífero tubarão, sobra pouco para nós.

Aquiferos na região

Depois vem o fato de que agora é nítida a diferença entre o ciclo da água na natureza e o ciclo da água na sua (nossa) vida. Eu creio que nos dias atuais vivemos com pouca água, não sem água, há muito tempo outros cantos do mundo convivem muito bem com muito menos que nós.

Ela chega via canos e quinas repletas de desperdícios, na ordem de mais de 50% nos canos brasileiros, alegam 38% em Itu. Vem humanamente racionalizada, taxada, fluorada e o escambau de “tratamentos”. Já ouviram falar de insustentabilidade? Ou só de Sustentabilidade né? Pois então, nas ruas ou na internet você pode conferir o destrato de qualquer conceito ou linha teórixa sobre Sustentabilidade, é tudo sempre parte de alguma coisa muito pouco integrada, nada espiritualizada e absolutamente não-livre. É sempre repleta de agrotóxicos e medo, de canos e cimento, tabelas e lucro que não sobra espaço para a fluidez.

Em Itu ampliaram a bitola do ex-mombaça para abastecer os condomínios Campos de Sto Antonio I e II, nem tem política dentro dos condomínios né? ahahhaha Alegam taxas de captação irracionais, os rios e córregos ituanos são explotados e não tem nem a metade da capacidade oficial…

Água se planta também. Há de reflorestarmos a cidade, 200 milhões de mudas plantadinhas e bem cuidadas é pouco. Já canalizaram as últimas águas livres que existiam no centro da cidade e agora o fazem na zona rural também, estão ateando fogo em todas as bordas de mata e pastos no entorno dos assentamentos humanos.

Há a eleição no mundo paralelo que toma a atenção e energia dos anticorpos, crentes que o fígado ou o sistema excretor da sociedade dêem cabo da tarefa de viver dignamente. Ao menos o Estado de São Paulo já demonstrou porque merece o desperdício kármico da pouca água potável que ainda tem e não prolongou o martírio ofensivo de um segundo turno.

No mundo real todo caminhão de água é escoltado por viaturas armadas. Toda arrecadação da conta de água aumenta com os registros chupa-vento. Todo ato público termina em show de luz de sirene e jovens presos e todo o aparato coercitivo do Estado é modernizado, ampliado e reforçado. Assim como as polícias regionais atuam conjuntamente podemos nos encontrar dentro de nossas bacias hidrográficas.

Água temos meus amigos, mesmo na seca tu és pelo menos 70% feito dela. Não temos é consciência da pessoa, bora parar um tantos com os calotes de sensibilidade.

 

 

Espalhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

A Gestão da Água e a participação popular

Os moradores do Município de Itu/SP sofrem com a estiagem prolongada. Diversas são as notícias divulgadas nos meios de comunicação que demonstram a situação caótica que vive a cidade.  O prefeito de Itu, Antonio Luiz Carvalho Gomes “Tuíze”, tendo em vista o risco de “paralisação total do abastecimento de água […]

Subscribe US Now